terça-feira, 30 de setembro de 2008

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

GOL DE PELÉ

video

Brasil vs Sweden / Pelé /1958

fonte: YouTube

domingo, 28 de setembro de 2008

PAUL NEWMAN

Paul Leonard Newman (Cleveland, 26 de janeiro de 1925Westport, 26 de setembro de 2008) Filho de um bem sucedido comerciante de artigos esportivos, Newman começou a carreira em peças do colégio e, após obter a dispensa da marinha americana em 1946, foi estudar no Kenyon College. Após a formatura, ele passou um ano na Yale Drama School indo depois para Nova Iorque, onde entrou para a renomada escola de formação de atores Actor's Studio, dirigida por Lee Strasberg. Depois de sua primeira aparição na Broadway em Picnic (1953), foi-lhe oferecido um contrato pela Warner Brothers. Seu primeiro filme, Cálice Sagrado (1954) foi quase o seu último: considerou sua performance muito ruim e publicou um anúncio de página inteira num jornal pedindo desculpas a quem tivesse visto o filme. Saiu-se muito melhor na sua segunda tentativa, em Marcado pela Sarjeta (1956), onde deu vida ao boxeador Rocky Graziano e foi aclamado pela crítica por sua grande atuação. Com Gata em Teto de Zinco Quente e O Mercador de Almas (cuja atuação lhe valeu o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes) estabelecendo-o como novo astro de Hollywood no fim dos anos 50, Paul tornou-se um líder de bilheterias da década seguinte estrelando filmes como Desafio à Corrupção (1961), Criminosos Não Merecem Prêmio (1963), O Indomado (1963), Rebeldia Indomável (1967) e Hombre (1967), fechando os anos 60 com o mega sucesso de crítica e bilheteria mundial Butch Cassidy / Dois Homens e um Destino (1969), ao lado de Robert Redford. A dupla trabalharia junta quatro anos depois em Golpe de Mestre / A Golpada de George Roy Hill, outro grande sucesso de Newman e vencedor do Oscar de melhor filme de 1973. Também produziu e dirigiu muitos filmes de qualidade, incluindo Rachel, Rachel (1968) onde dirigiu sua esposa, Joanne Woodward e ganhou o Globo de Ouro de melhor diretor. Indicado dez vezes pela Academia como melhor ator, finalmente venceu por sua atuação em A Cor do Dinheiro (1986). Por curiosidade, no ano anterior havia recebido um Oscar especial pelo conjunto da carreira. Outros filmes importantes de Paul Newman são: Gata em Teto de Zinco Quente (1958), O Mercador de Almas (1958), Exodus (1960), Doce Pássaro da Juventude , onde refez no cinema o mesmo papel que já havia feito na Broadway (1962), Cortina Rasgada (1966), Torre do Inferno / Inferno na Torre (1974), Ausência de Malícia (1981) e O Veredicto (1982). Fazendo menos filmes nos anos 90, e se dedicando mais à sua fábrica de molhos e condimentos, Newman's Own (com a qual ganhou mais dinheiro que no cinema, porém dedicou quase todo o lucro à caridade e à sua equipe de corridas), Paul reapareceu em grande estilo, já aos 77 anos, em Estrada para Perdição (2002), trabalhando com Tom Hanks e o futuro James Bond, Daniel Craig, e foi novamente indicado ao Oscar, desta vez como ator coadjuvante. Em 1995, ganhou o Urso de Prata no Festival de Berlim como melhor ator no filme O Indomável - Assim é Minha Vida. Newman, ex-fumante inveterado, padeceu por muito tempo de câncer do pulmão. Em maio de 2008, foi afastado da direção de uma versão de Ratos e homens, baseada no livro de John Steinbeck. A doença havia sido diagnosticada pelo hospital Sloan-Kettering Cancer Centre, em Nova York. Em março de 2008, Newman negou boatos de que estaria com câncer, depois de ter faltado a um evento beneficente da instituição infantil Hole in The Wall Gang, criada por ele. No mesmo mês, ele cancelou uma aparição no talk show The Late Show with David Letterman. Seu porta-voz, Warren Cowan, despistou sua hospitalização, insistindo que o ator estava "recebendo tratamento para pé-de-atleta e queda de cabelo". O jornal New York Post divulgou que um paciente de câncer disse ter visto Newman em março de 2008 no oncologista regularmente. Em agosto, após encerrar as sessões de quimioterapia contra o câncer, o ator Paul Newman foi informado de que teria poucas semanas de vida e pediu aos médicos e a seus familiares para deixar o hospital e ser levado à sua casa, em Westport, no estado americano de Connecticut, onde morreu em 26 de setembro de 2008. fonte: Wikipédia

SOL NASCENTE

fotos: ricardo silva

QUE LUZ É ESSA?

Raul Santos Seixas/Cláudio Roberto Andrade de Azevedo Que luz é essa que vem vindo lá do céu? Que luz é essa que vem vindo lá do céu? Que luz é essa? Que luz é essa que chegando lá do céu? Que luz é essa que vem vindo lá do céu Brilha mais que a luz do sol Vem trazendo a esperança Pra essa terra tão escura Ou quem sabe a profecia das divinas escrituras? Quem é que sabe o que é que vem trazendo esse clarão Se é chuva ou ventania, tempestade ou furacão Ou talvez alguma coisa que não é nem SIM nem NÃO Que luz é essa ? Que vem chegando lá do céu ? Que luz é essa que vem vindo lá do céu Brilha mais que a luz do sol É a chave que abre a porta Para o quarto dos segredos Vem mostrar que nunca é tarde Vem provar que é sempre cedo E que pra todo pecado Sempre existe um perdão Não tem certo nem errado Todo mundo tem razão É que o ponto de vista É que o ponto de questão Que luz é essa? Que vem chegando lá do céu ?

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

O SALÁRIO DO MEDO

(Le Salaire de La Peur) de Henri-George Clouzot (1953)

Homens perdidos diante de situações precárias, de risco extremo de morte, é um tema propicio a reflexões existencialistas. A França de 1953 estava imersa no clima existencialista, do pós-guerra, com Jean-Paul Sartre e Marcel Camus.

O próprio romance de Georges Arnoud continha tal espírito existencialista. E Clouzot não poderia fugir do espírito do seu tempo. Talvez O Salário do Medo seja apenas a metáfora da condição humana. Mas a precariedade em O Salário do medo é a precariedade do trabalho estranhado. Aliás, é através dele que torna-se apreensível, em sua plena intensidade, tal condição humana.

Por exemplo, neste filme, é através desta empreitada de risco, convocada por uma corporação capitalista, multinacional do petróleo, que homens despossuidos e desterritorialziados num país miserável, se encontram diante do medo e da desafetivação pessoal. E a morte é a desafetivação suprema dos homens.

Quatro homens desempregados e miseráveis, que vivem em condições quase desumanas em um pequeno vilarejo da Guatemala, aceitam uma perigosa e desafiadora missão: transportar uma carga altamente explosiva de nitroglicerina em caminhões sem nenhuma estrutura para tanto, ao longo de estradas em péssimas condições, até um incêndio que está acontecendo em um poço de petróleo de uma extratora estadunidense. Filme vencedor da Palma de Ouro e do Urso de Ouro, respectivamente, prêmios dados no festival de Cannes e de Berlin.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

É PRIMAVERA

fotos: ricardo silva

GALERIA

JUAN MIRÓ

KAMA SUTRA

KAMASUTRAM
Kamasutram, geralmente conhecido no mundo ocidental como Kama Sutra, é um antigo texto indiano sobre o comportamento sexual humano, amplamente considerado o trabalho definitivo sobre amor na literatura sânscrita.

O texto foi escrito por Vatsyayana, como um breve resumo dos vários trabalhos anteriores que pertencia a uma tradição conhecida genericamente como Kama Shatra. Kama é a literatura do desejo. Já o Sutra é o discurso de uma série de aforismos. Sutra foi um termo padrão para um texto técnico, assim como o Yogasutra de Pátañjali.

O texto foi escrito originalmente como Vatsyayana Kamasutram (ou "Aforismos sobre o amor, de Vatsyayana"). A tradição diz que o autor foi um estudante celibatário que viveu em Pataliputra, um importante centro de aprendizagem. Estima-se que ele tenha nascido no início do século IV. Se isso for correto Vatsyayana viveu durante o ápice da Dinastia Gupta, um período conhecido pelas grandes contribuições para a literatura Sânscrita e para cultura Védica.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

GROUCHO MARX

FRASES "Nunca me esqueço de um rosto, mas, no seu caso, vou abrir uma exceção." "Eu não freqüento clubes que me aceitem como sócio." "Atrás de todo homem bem-sucedido, existe uma mulher. E,atrás desta, existe a mulher dele." "O segredo do sucesso é a honestidade. Se você conseguir evitá-la está feito!" "Perdoem-me por não levantar." Obs.: Epitáfio de Groucho Marx. "O casamento é a principal causa do divórcio." "Você prefere acreditar em mim ou em seus próprios olhos? "Estes são meus princípios. Se você não gosta deles, tenho outros!"

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

JIMI HENDRIX

James Marshall Hendrix, Seattle, 27 de novembro de 1942Londres, 18 de setembro de 1970

BOCAGE

SONETO DO EPITÁFIO Lá quando em mim perder a humanidade Mais um daqueles, que não fazem falta, Verbi-gratia — o teólogo, o peralta, Algum duque, ou marquês, ou conde, ou frade: Não quero funeral comunidade, Que engrole "sub-venites" em voz alta; Pingados gatarrões, gente de malta, Eu também vos dispenso a caridade: Mas quando ferrugenta enxada idosa Sepulcro me cavar em ermo outeiro, Lavre-me este epitáfio mão piedosa: "Aqui dorme Bocage, o putanheiro; Passou vida folgada, e milagrosa; Comeu, bebeu, fodeu sem ter dinheiro". fonte:http://paginas.terra.com.br/arte/PopBox/bocage.htm

BUGATTI