sábado, 9 de novembro de 2019

FOTOGRAFANDO

Em Palmeira dos Índios

Fotografias de Ricardo Silva








quarta-feira, 17 de julho de 2019

terça-feira, 26 de março de 2019

ZÉ DA SILVA



Poeta, profeta, pateta. O som das palavras me espeta. Não navego no ego da escrita porque a maioria faz isso. Mesmo o careca de saber que é uma besta. Mas ele sabe escrever e vê publicado. Na nova bíblia, a do estafeta que preside. Eca! Vai dar merda; estou andando porque sempre fui perdido. No caminho que nunca é reta, pois se fosse cravaria a baioneta na costela. E sairia por aí à procura de um esteta. Para quê? A pintura que não chegaria aos pés de Romário na Copa de 94 depois do passe de Bebeto. Nenhum bailarino do mundo faria aquilo, o tempo, o voo, o peito do pé beijando ela, a esfera, para ser abraçada pela rede depois que Pelé disse love, love, love. O que será que não tenho? Sou pateta, sou profeta – e poeta. Para mim mesmo, porque não abro a janela e muito menos o cofre. Carrego. É pesado. Afundo para emergir. Talvez seja isso.

segunda-feira, 18 de março de 2019

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

METRÓPOLES


por  Yuri Vasconcelos Silva


A cidade falhou. Lugar insensível que amontoa pessoas, umas sobre as outras, em torres de pedra fria com discursos na casca, só para vender. Não se enxerga mais o céu, apenas fiapos de azul ou um punhado de estrelas esmaecidas. O olhar não vai longe, sempre esbarra num absurdo construído, um muro ou miséria. Tanta gente junta e não há encontros. A praça abarca solitários em bancos ou em passos corridos. Todos estão sempre atrasados. Mas para o quê? Não se sabe o nome nem de meia dúzia de vizinhos, da moça que serve o almoço ou que abre a porta pro mundo passar. Todos se olham com desconfiança, segurando frouxo uma espécie de ódio latente que preserva a própria sobrevivência. A cidade idolatra o indivíduo. O ego. É o centro da publicidade e da política. Da ilusão e da mentira. Pretende-se um modelo da civilização, mas é um simulacro xucro. Para os seres, há mais dor que alívio dentro destas células pulsantes de pedra e energia. A cidade falhou. Quando será dado o próximo passo?

L7


"Burn Baby" from L7's upcoming full-length album 'Scatter The Rats' Out May 3rd on Blackheart Records